Acerca de Amsterdão

Património e hedonismo. Canais e ciclovias. Tulipas e música techno. Elegantes moradias do século XVII e robustas sedes de empresas. Amesterdão, ao que parece, tem algo para todos. Tendo em conta que a capital da Holanda tem 800 mil residentes permanentes e 3,6 milhões de visitantes anuais, é um monte de coisas para se ter.

Seja de que modo for que chegue a Amesterdão, inicie o seu passeio na Estação Central de comboios. Construída na década de 1880 sobre três ilhas artificiais que dividem a linha de água do centro histórico de Amesterdão, esta impressionante estrutura possui um telhado de ferro fundido com 40 metros. A partir daqui, poderá explorar as sinuosas ruas do centro e o famoso sistema de canais que o rodeia.

Os canais são um legado da Idade de Ouro de Amesterdão, o século XVII. Outro legado é a coleção de seminais pinturas de Rembrandt, Vermeer e todos os outros, expostas no Rijksmuseum (www.rijksmuseum.nl). Obras de arte dos séculos posteriores podem ser vistas no remodelado Stedelijk Musem (www.stedelijk.nl). Até à reabertura do Museu Van Gogh (www.vangoghmuseum.nl), em abril de 2013, poderá ver as obras do mais famoso artista da Holanda numa exposição especial de Van Gogh no Hermitage Amsterdam (www.hermitage.nl).

Inspirado por Vincent? Adquira os seus girassóis (e praticamente qualquer outra coisa) no Albert Cuypmarkt (www.albertcuypmarkt.nl), aberto de segunda a sábado, e supostamente o maior mercado diurno da Europa. O centralmente localizado Droog (www.droog.com) vende peças de design, desde bicicletas de bambu a cadeiras de couro. A Holanda é o maior exportador mundial de queijo - descubra porquê na queijaria Gewoon Kaas (www.gewoonkaas.nl).

Sem surpresa para uma cidade cujo desenvolvimento foi financiado pelo comércio de especiarias, Amesterdão tem uma eclética cena culinária. O centralmente localizado Coffee & Jazz (Utrechtsestraat 113) serve as bebidas quentes e a boa música que combinam justamente com a deliciosa comida indonésia. Para tudo, desde scones com o chá a tamboril para o jantar, reserve uma mesa no terraço do Café de Jaren (www.cafedejaren.nl), com vista para o rio Amstel. Se valoriza a qualidade sobre a variedade, tente o De Kas (www.restaurantdekas.nl), cujo menu fixo incorpora legumes, ervas e flores comestíveis cultivadas no seu próprio viveiro.

As credenciais de Amesterdão como cidade do pecado tendem a obscurecer o quão diversificada é a sua vida noturna. O distrito da luz vermelha e as 'coffeeshops' têm grande procura, mas também lugares como o De Biertuin (www.debiertuin.nl), um jardim da cerveja, onde até mesmo as crianças e os avós se sentem em casa. O Melkweg (www.melkweg.nl) é cinema, teatro e local de concertos num só local. Uma bela igreja na sua vida anterior, o Paradiso (www.paradiso.nl) é agora um deslumbrante clube que recebe bandas ao vivo durante a semana e DJs de topo no fim-de-semana.

Se estiver na cidade no dia 30 de abril, participe das festividades do Koninginnedag, ou Dia da Rainha (www.koninginnedagamsterdam.nl/queensday.html). O aniversário oficial da rainha Beatriz da Holanda é um festival cor de laranja em homenagem à Casa de Orange, com roupas laranja, comida, bebidas e bandeiras por toda a cidade, e festas de rua que duram a noite toda. O Grachtenfestival, em agosto (www.grachtenfestival.nl), é um prezado festival de música clássica, com muitos concertos quer dentro quer ao longo dos canais. O Dia do Moinho em Zaans, que envolve uma pedalada fora da cidade para ver moinhos de vento, tem lugar no final de setembro e pode ser o dia de viagem mais amigo do ambiente da sua vida.

Informe o seu destino

Pesquisar e reservar um hotel

OPCIONAL

calendário

 noite(s)

+ mais opções

> Ver/cancelar reserva

Garantia do melhor preço