Acerca de Bangcoc

Mergulhe em Banguecoque, a cosmopolita capital da Tailândia e uma próspera cidade asiática rica de experiências culturais e turísticas. Com uma população de reputação amigável, ricas tradições culturais e religiosas, vibrante vida noturna e uma das melhores cozinhas da Ásia, não surpreende que Banguecoque receba cerca de 12 milhões de visitantes por ano. Da meca dos mochileiros que é Khao San Road aos cheiros inebriantes, sons e pontos turísticos de Chinatown e às avenidas arborizadas do luxuoso Dusit, casa da família real tailandesa - uma festa para todos os sentidos aguarda-o em Krung Thep, Cidade dos Anjos.

Esparramada sobre o rio Chao Phraya, Banguecoque é melhor percorrida no reluzente Skytrain ou de barco. Com o Chao Phraya Express Boat (www.chaophrayaexpressboat.com/en/tourist/), você pode entrar e sair para visitar as três maiores atrações budistas de Banguecoque. O imponente Wat Arun (watarun.net) representa o Monte Meru, enquanto em Wat Pho, o maior Buda da Tailândia recebe centenas de visitantes por dia; receba uma massagem enquanto espera (www.watpomassage.com). O vasto Grande Palácio, construído para a família real em 1782, contém o sagrado templo Wat Phra Kaew e o Buda Esmeralda. A Jim Thompson House (www.jimthompsonhouse.com), perto de Siam Square oferece uma visão da arquitetura tailandesa não-budista. Fuja da agitação da cidade no Lumpinee Park, o pulmão verde de Banguecoque, em Silom.

Bancas de rua vendem alguns curiosos exemplos de comida tailandesa, incluindo insetos fritos, mas para uma refeição mais sofisticada num belíssimo cenário, reserve na Supatra River House (www.supatrariverhouse.net). Restaurantes da última moda estão surgindo em Banguecoque, como o Bed Supperclub em Sukhumvit (www.bedsupperclub.com), um minimalista e branco salão-restaurante, onde poderá literalmente refastelar-se numa cama, petiscando menus surpresa enquanto escuta DJs. Para uma visão mais profunda da culinária tailandesa, tenha uma aula na Baipai Thai Cooking School (www.baipai.com).

Banguecoque pode ser tristemente famosa pelo seu bairro da luz vermelha, Patpong, mas no entanto há uma abundância de outros locais mais familiares na vida noturna da cidade. O Bangkok Art and Culture Centre (www.bacc.or.th) oferece música, arte, teatro, cinema e exposições de fotografia. Suba para o Sky Bar num 63º andar (www.lebua.com/en/the-dome-dining/sky-bar-bangkok/), para cocktails e magníficas vistas. O espetacular Siam Niramit (www.siamniramit.com) descreve a história e a cultura das distintas regiões da Tailândia, com música e dança tradicionais cuidadosamente coreografadas - o espetáculo acontece no, supostamente, maior palco do mundo.

Por vezes tem-se a sensação de que Banguecoque é um único e gigantesco mercado, com vendedores ambulantes, pequenas barracas e feiras enormes como o Chatuchak Weekend Market (www.jjmarketplace.com). Fuja do calor e dos regateios num centro comercial como o MBK Center (www.mbk-center.co.th) ou o Siam Paragon (www.siamparagon.co.th). A compra de alimentos tem um sabor renovado no mercado flutuante Taling Chan, em Thonburi, já que os compradores navegam em barcos tradicionais por entre lojas lacustres amontoadas com produtos frescos.

A agenda de Banguecoque está recheada de festivais: fogos de artifício, desfiles e animações de rua gratuitas pelo aniversário do rei, a 5 de dezembro; dança do dragão em Chinatown para o Ano Novo Chinês; uma batalha de água gigante pelo Songkran, o Ano Novo tailandês... Se não se quer molhar, fique em casa! Durante o Loi Krathong, em novembro, os tailandeses vivem momentos de paz, quando barcos de flores em forma de lótus e velas flutuam pelas margens do rio para lavar o que quer que seja negativo do ano anterior.

Informe o seu destino

Pesquisar e reservar um hotel

OPCIONAL

calendário

 noite(s)

+ mais opções

> Ver/cancelar reserva

Garantia do melhor preço